Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
PT EN FR DE ES
Página inicial > Comissão de Ações Afirmativas na Pós
Início do conteúdo da página

CPAA-Pós - Comissão Permanente de Ações Afirmativas na Pós-Graduação

Publicado: Segunda, 30 de Outubro de 2017, 14h10 | Última atualização em Sexta, 27 de Novembro de 2020, 17h59

Procedimento Complementar de Verificação de Autodeclaração de Negros

Os candidatos inscritos nas vagas reservadas para negros (pretos e pardos) serão convocados para participar de procedimento de verificação da autodeclaração de negras/negros, também chamado de heteroidentificação. O procedimento de heteroidentificação é a identificação por terceiros da condição autodeclarada do candidato. Para tanto, será realizado por comissão específica para este fim que será formada por, no mínimo, três membros sendo um membro do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi) e demais membros com, preferencialmente, formação ou ativismo ligado às questões étnico-raciais, com experiência na temática de promoção da igualdade racial e do enfrentamento ao racismo, sendo indicado possuir trajetória ou vínculo com grupos de pesquisa, núcleos ou movimentos sociais organizados. Levar-se-á em consideração, também, o critério da diversidade, garantindo que seus membros sejam distribuídos por gênero e raça/cor.

O procedimento de heteroidentificação levará em consideração tão somente as características fenotípicas ou fenótipo do(a) candidato(a). Entende-se por fenótipo o conjunto de características físicas do indivíduo, predominantemente a cor da pele, a textura do cabelo e os aspectos faciais que, combinados ou não, permitirão validar ou invalidar a autodeclaração. Não serão considerados para a verificação o fator genotípico do candidato e/ou o fator fenotípico dos parentes ascendentes bem como certidões.

 

Procedimento Complementar de Verificação de Autodeclaração de Indígenas

Os candidatos inscritos nas vagas reservadas para indígenas serão convocados  para participar de procedimento de verificação da autodeclaração indígena (não precisa ser convocado para entrevista pode ser apenas solicitação de entrega de documentos) em que uma comissão específica para este fim (a mesma que realizará o procedimento para negros) verificará a elegibilidade através da análise da documentação exigida no edital e entregue pelo candidato.

 

Procedimento Complementar de Verificação de Autodeclaração de Pessoas com Deficiência

O procedimento de verificação da autodeclaração de pessoa com deficiência será realizado por equipe multiprofissional e interdisciplinar, contemplando as áreas da saúde, educacional e psicossocial do Ifes a qual deverá verificar a Elegibilidade (link para um novo site) do candidato à vaga reservada através da análise do(s) laudo(s) e, se necessário, exames complementares (a critério da comissão de processo seletivo).

 

 

Fim do conteúdo da página