Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ifes é o segundo Instituto Federal em ranking internacional de sites de universidades
Início do conteúdo da página

Ifes é o segundo Instituto Federal em ranking internacional de sites de universidades

Publicado: Quinta, 14 de Março de 2019, 17h13 | Última atualização em Quinta, 14 de Março de 2019, 17h13

Classificação é feita com base em volume do conteúdo, visibilidade e número de citações externas.

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) alcançou a segunda colocação entre os institutos federais no “Ranking Web of World Universities”, um sistema de classificação de universidades em todo o mundo. O ranking leva em consideração o volume do conteúdo da instituição na internet (número de páginas e arquivos), a visibilidade e o impacto destas publicações de acordo com o número de links externos (citações do site) que eles receberam. Levando em consideração o ranking no Brasil, o site do Ifes está na 108ª posição.

A classificação é publicada pelo Laboratório Cybermetrics, grupo de pesquisa do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), localizado em Madrid, na Espanha. O objetivo da lista é melhorar a presença das universidades e instituições de pesquisa na web e promover a publicação em acesso aberto dos resultados científicos. A classificação começou em 2004 e é atualizada sempre em janeiro e julho. Hoje ela fornece indicadores da web para mais de 12.000 universidades em todo o mundo.

Os indicadores não são baseados no número de visitas ou no design da página, mas no desempenho global e na visibilidade das universidades. De acordo com as informações divulgados no site do grupo de pesquisa, ele reflete melhor o quadro geral, e como muitas outras atividades de professores e pesquisadores são mostradas por sua presença na web.

A ideia do grupo é motivar as instituições e os acadêmicos a terem uma presença na Web que reflita suas atividades com exatidão. As publicações na internet são baratas, e mantém os altos padrões de qualidade dos processos de revisão e podem atingir um público-alvo em potencial muito maior, oferecendo acesso ao conhecimento científico a pesquisadores, instituições e terceiros.

“Ranking Web of World Universities” (janeiro/2019).

registrado em:
Fim do conteúdo da página